Sexta, 07 de Maio de 2021
89 99408-9358
Brasil Brasil

PF faz operação contra crimes financeiros em 4 Estados e no DF

Grupo Empresarial do Nordeste, alvo da ação, é acusado de causar prejuízo de R$ 8 bilhões aos cofres públicos e a trabalhadores

05/05/2021 08h10
Por: Carlos Eduardo Borges Fonte: R7
Trabalhadores ficaram sem salários e direitos - (Foto: Reprodução)
Trabalhadores ficaram sem salários e direitos - (Foto: Reprodução)

A Polícia Federal deu início na manhã desta quarta-feira (5) à Operação Background, contra uma quadrilha que pratica crimes financeiros. Ao todo, 240 agentes cumprem 53 mandados de busca e apreensão Pernambuco, São Paulo, Amazonas, Pará e Distrito Federal.

Também está previsto sequestro e bloqueio de bens e valores dos investigados. As ordens foram expedidas pela 4ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco.

A investigação, que conta com o apoio da Receita Federal do Brasil e da Procuradoria Regional da Fazenda Nacional – 5ª Região, apura a prática de crimes tributários, financeiros, de fraude à execução e contra a organização do trabalho, de organização criminosa e de lavagem de dinheiro por parte de integrantes de Grupo Empresarial do Nordeste, com atuação nacional.

De acordo com nota da PF, os investigados se organizaram em um sofisticado esquema contábil-financeiro para desviar o patrimônio das empresas do grupo, transferindo-o para sócios e laranjas, com o objetivo de evitar o pagamento de tributos e direitos trabalhistas de centenas de empregados. O prejuízo aos cofres públicos e aos trabalhadores é de R$ 8.64 bilhões.

Os agentes buscam, nessa fase do trabalho de apuração, recuperar o patrimônio desviado e ocultado pelos investigados, com o objetivo não só de reparar o dano patrimonial causado aos cofres públicos, por meio de débitos tributários, mas, principalmente, liquidar os créditos trabalhistas de centenas de empregados do grupo.

Com grande parte de suas atividades paralisadas após o esvaziamento patrimonial criminoso, as empresas do grupo investigado deixaram centenas de trabalhadores sem receber salários e outros direitos trabalhistas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.