Segunda, 19 de Outubro de 2020
89 99408-9358
Internacional Retorno

Mulher desaparecida há dois anos, é resgatada viva do mar

Como tentativa de se salvar do abuso físico e psicológico do ex-marido, a vítima se joga no mar

30/09/2020 11h45 Atualizada há 3 semanas
Por: Vinícius Carvalho
Mulher desaparecida há dois anos, é resgatada viva do mar

 

Mulher desaparecida de 46 anos, foi encontrada por pescadores.

Desaparecida a dois anos, mulher de 46 anos é resgatada viva do mar, por pescadores da Colômbia. O corpo estava a uma distância de 2,5 quilometros da Costa.

Evangélica Gaitán estava com hipotérmia e muito debilitada, após ficar cerca de oito horas no mar. E de acordo com a autoridade do país, a vítima ainda chegou em estado de choque ao hospital da cidade.

O pescador Roland Visbal, contou ainda a um rádio colombiano que, pensou inicialmente que tivesse visto um tronco de árvore, e só percebeu que se tratava de Angelica quando chegou a ver o corpo dela se mexer.

Em entrevista à rádio RCN, Angelica disse que havia se jogado no mar com a intenção de tirar a própria vida, na intenção de escapar dos abusos físicos e psicológicos que sofria de seu ex-marido, com quem tinha vivido por 20 anos. Segundo a própria vítima, ela não apresenta nenhum tipo de contato com a família, que a considerava desaparecida por dois anos. "As agressões começaram na primeira que em gravidez, ele me batia e era violento", contou Angelica.

A mulher conta que no dia que decidiu deixar a casa em que vívia com seu ex-marido em Setembro de 2018, ele ainda quebrou os ossos de sua face e tentou a matar:"Graças a Deus consegui escapar", falou. " Fiquei vagando pelas ruas por quase 6 meses, depois fui buscar ajuda e me enviaram para um abrigo", explicou.

Porém, segundo a própria vítima, ela foi informada na última Sexta-feira (25) que a medida protetiva contra seu ex-marido tinha perdido a validade e que ela teria que sair do abrigo que estava, Baranquilla. Foi quando decidiu se jogar no mar.

Assim que souberam do resgate dela, a família entrou em contato com Angelica."Eu renasci", falou ela.



* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.