Segunda, 26 de Outubro de 2020
89 99408-9358
Internacional Tristeza

Por que a morte do protagonista de “Pantera Negra” abalou o mundo do basquete e do beisebol ?

Morte de Boseman abala mundo do beisebol

29/08/2020 14h37 Atualizada há 2 meses
Por: Vinícius Carvalho Fonte: globoesporte
Por que a morte do protagonista de “Pantera Negra” abalou o mundo do basquete e do beisebol ?

 

Chadwick Boseman é amigo de alguns dos principais nomes do esporte mundial, como LeBron James, e interpretou o primeiro negro da Major League Baseball, Jackie Robinson, no cinema



Luto no cinema e no esporte: morre o ator Chadwick Boseman, o "Pantera Negra", aos 43 anos

A coincidência de datas fez o susto ser grande e o luto bater forte. Em meio a um boicote histórico na NBA em protesto contra o racismo, no dia conhecido como o Dia de Jackie Robinson, o pioneiro a abrir as portas da MLB aos atletas negros, morreu um símbolo de ambas estas lutas. Morreu o intérprete de um super-herói que levou pela primeira vez aos cinemas um núcleo central 100% preto e um filme de histórias em quadrinho à maior categoria do Oscar.

Aos 43 anos, Chadwick Boseman, famoso mundialmente pelo papel do Rei T’Challa em “Pantera Negra”, morreu após quatro anos de luta contra um câncer no cólon. Amigos de alguns dos maiores astros do basquete mundial, ele também marcou seu nome no mundo do beisebol ao dar vida a Jackie Robinson no filme “42”, número da camisa do ex-jogador, falecido em 1972.


Comecemos pela relação com o beisebol, possivelmente a menos conhecida do grande público. A Major League Baseboll (MLS) foi criada em 1869, quatro anos após o fim da Guerra Civil americana, sendo uma das ligas mais antigas dos Estados Unidos. Ela era restrita a jogadores brancos, enquanto os negros tinham que se contentar em jogar nas ligas menores, menos prestigiadas.

Jackie, nascido na Georgia, romperia essa barreira ao ser contrato pelo Brooklyn Dodgers em 1947. O valor esportivo dele rapidamente se tornou inquestionável. Jogou em seis World Series e disputou seis “All-Star Games”, sendo MVP da liga em 1949. Teve participação decisiva para que os Dodgers fossem campeões em 1955, um ano antes de parar de jogar.

+ No ano em que o mundo parou com a Covid, esporte escancara antigo mal da sociedade: o racismo


Mas a busca por reconhecimento era um desafio diário, dentro e fora de campo. Ele sofreu duramente com hostilizações das torcidas adversárias e até com fogo amigo de alguns companheiros. Mas resistiu. E por isso tornou-se um símbolo da luta contra o racismo no esporte americano.




Robinson jogava com a camisa 42, que batizou o filme no qual Chadwick Boseman o interpretou. O número foi aposentado em 1992 pela MLB em toda a liga – ou seja, em nenhuma equipe nenhum outro jogador pode usá-lo. E o dia 15 de abril, data do primeiro jogo de Robinson na MLB, passou a ser comemorado como o Dia de Jackie Robinson.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Famosidade
Sobre Famosidade
Tudo sobre o mundo dos famosos em um só lugar!